EFT – Técnica de Libertação Emocional

EFT – TÉCNICA DE LIBERTAÇÃO EMOCIONAL

A EFT foi criada a partir da TFT – Thought Field Therapy (Terapia do Campo do Pensamento) – Dr. Roger Callahan, psicólogo.

A técnica foi desenvolvida a partir de estudos baseados na acupuntura tradicional, por isso também é chamada de Acupuntura Emocional Sem Agulhas.

O fundador da técnica EFT foi Gary Craig, engenheiro.

A EFT pode ser aplicada individual, grupal e autoaplicação.

Através da EFT – Técnica de Libertação Emocional é possível limpar as camadas mais profundas (inconsciente) ir no cerne da questão, para que a cura seja alcançada. Mas isto implica em cutucar as “feridas” que maioria das vezes é bem desagradável, ninguém quer entrar em contato com a dor (emocional). É necessário voltar ao passado (gradativamente) e avaliar o que incomoda, então ir limpando camada por camada (de situações vividas e que foi acumulando raivas, mágoas, frustrações, medos, angústias, tristezas…) como se estivesse tirando a casca de uma cebola. A EFT é uma técnica que “limpa”, de forma gradativa, a carga emocional acumulada nos meridianos. Cada situação que surge durante a aplicação é olhada com carinho e tranquilidade, até que haja a dissolução total da carga emocional, que está impedido o fluxo de energia fluir livremente pelo corpo.

O adulto que somos hoje é resultado das marcas que a nossa criança sofreu.

A partir do momento da concepção o embrião registra (a nível celular) e reage a acontecimentos. O feto absorve pensamentos, sentimentos (raiva, mágoa, frustração, medo, ansiedade…) e sensações que irão interferir de forma significativa na sua maneira de se apresentar perante a vida. O estado emocional da mãe interfere diretamente no bem estar do bebê. Ele capta pensamentos, sentimentos e sensações e o seu cérebro rapidamente transforma em uma emoção, e consequentemente o seu corpo sofre as consequências da carga emocional. O estado emocional do pai também afeta de forma direta, o bem estar do bebê em formação, e indiretamente através da mãe.  Discussão entre os pais gera uma carga energética muito intensa, quase como uma bomba, e nociva para o bebezinho.

Sentimentos de rejeição à criança pode deixar marcas profundas, bem como em situações onde a mãe passe por  perdas afetivas, separações, agressões, catástrofes, acidentes entre outros. Isto pode gerar disfunção emocional na mãe e o feto certamente sentirá todo o desconforto.

Da mesma forma que os sentimentos desagradáveis vividos pela mãe (e pai) prejudicam o bebê os sentimentos bons e uma relação saudável dos pais também deixarão marcas positivas nesta criança, que contribuirão para o bem estar dela.

As marcas que são registradas pelo bebê no período de gestação, e até mesmo em uma parte da infância, dificilmente quando se tornar adulto lembrará, mas nenhuma informação ficará perdida tudo estará armazenado no seu inconsciente. Sendo assim durante sua vida o adulto se depara com atitudes que ele mesmo desconhece, e fica buscando explicações. Parte destas atitudes são reflexos das memórias guardadas desde a sua gestação. A única maneira de liberar estas memórias, e ressignificar o que está sendo prejudicial, é através do processo terapêutico, do autoconhecimento.

A ilustração do iceberg é uma metáfora de como funciona a mente humana. A maior parte das explicações sobre determinado comportamento humano está no inconsciente (abaixo do nível do mar) na superfície (consciente) se encontra muito pouco.

A energia nociva gerada pelas emoções desestabilizantes (raiva, medo, angústia, tristeza, ciúme…) é acumulada nos meridianos (canais de energia), isto interrompe o livre fluxo de energia que percorre o corpo, possibilitando assim o aparecimento de doenças. Neste caso a EFT – Técnica de Libertação Emocional é uma excelente ferramenta para liberar a carga emocional gerada pelos traumas e acumulada em nosso corpo durante a vida.

No vídeo abaixo você verá como a técnica é aplicada.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo
Open chat